O projeto beeB prevê o desenvolvimento de resultados intelectuais, eventos de formação para os participantes no projeto e apicultores e eventos de disseminação orientados a técnicos, apicultores e ao público em geral. Durante o projeto estão previstas cinco reuniões transnacionais entre os parceiros para coordenar o trabalho.

O projeto beeB irá desenvolver os seguintes 7 resultados intelectuais

0101

Curso MOOC

Com base nos resultados da avaliação das necessidades e preferências dos grupos-alvo em relação à temáticas de formação, será proposto um desenho de conteúdos, métodos e materiais de aprendizagem. Serão utilizadas metodologias de aprendizagem adptativa e de microaprendizagem, para permitir um percurso de aprendizagem personalizado, adaptado ao ritmo de aprendizagem dos formandos, em função dos seus conhecimentos, interesses e necessidades e da realidade da apicultura em diferentes contextos e regiões.

O curso MOOC garantirá uma qualificação / certificação a nível nacional e europeu.

0202

HUB colaborativo b-learning para a apicultura com base em inovação e no conhecimento

Será criada uma plataforma online e um ambiente virtual de b-Learning colaborativo com diversos conteúdos de apoio. Os formandos poderão seleccionar os conteúdos que lhes interessam e criar seus itinerários pessoais de aprendizagem (aprendizagem adaptativa) e partilhar experiências e conhecimentos – crowdlearning.

0303

Infografias e Pills of Knowledge (PoK) em apicultura biológica e boas práticas apícolas

Será criado um conjunto de micro conteúdos de formação adaptativos, utilizando infografia e Pills of Knowledge (PoK), que se materializarão no curso MOOC, estruturado sob a forma de pequenos conteúdos (quando possível na forma de vídeos e podcasts) adaptados às necessidades dos participantes, permitindo criar itinerários de aprendizagem personalizados e permitindo a “aprendizagem instantânea”.

0404

App Sanidade das abelhas

Esta ferramenta utilizará a gamificação (técnica de aprendizagem que transfere a mecânica dos jogos de âmbito educativo-profissional com a finalidade de conseguir melhores resultados) para ensinar a avaliar e manusear as colmeias.

Atualmente, o principal problema da apicultura está relacionado com questões técnicas associadas ao maneio de doenças e nutrição das abelhas. Nesse sentido, será dada especial atenção a este tema, com o desenvolvimento de uma ferramenta específica que possa ser facilmente usada em campo por todos os apicultores, independentemente da sua formação de base, usando uma estratégia inovadora de aprendizagem – a gamificação – que proporciona uma aprendizagem em ambiente informal e ajuda os formandos a praticar situações e desafios da vida real em ambiente seguro.

0505

Guia de formação Cross Visiting

Uma ‘Cross visit‘ tem como objetivo recolher informação sobre inovações e soluções já implementadas ou em curso. Durante uma ‘Cross visit’ há um intercâmbio intensivo de informação e experiências entre os visitantes e os anfitriões, criando espaço para interações informais intensivas entre os participantes. O Guia de formação Cross Visiting permitirá estruturar a componente de formação prática, num sistema de formação familiar: o apiário de um colega apicultor. Será elaborado um guia com os passos a dar para organizar uma aprendizagem baseada em visitas cruzadas e que ajude a avaliar os resultados dessa aprendizagem.

0606

Rotas de Apicultura para todos

Pretende-se explorar e divulgar o fantástico mundo das abelhas e os produtos apícolas como ferramenta para promover novos negócios. Com a finalidade de estimular a inovação entre os apicultores e aumentar o interesse dos consumidores e do público em geral, será criado um Storytellingou narrativa como ferramenta de comunicação para dar a conhecer o mundo das abelhas e os seus valores, que irão ajudar a melhorar a perceção do setor apícola pela Sociedade.

0707

Criar novas ideias de negócio na apicultura através de espirais de inovação

A metodología “Espirais de inovação”, um proceso innovador de planeamento (que parte da definição do desafio para chegar à alteração do sistema), será utilizada para estimular o emprendedorismo no grupo alvo, de modo a facilitar a criação de  novos negócios ou proporcionar o crescimento de negócios atuais.Serão disponibilizados materiais e guias de formação para implementação desta metodologia e de outras similares.